Piauí tem maior número de pessoas recuperadas de Covid-19

No combate e tratamento à Covid-19, o Piauí é destaque nacional e ocupa o primeiro lugar em número de pessoas recuperadas

Idosa de 91 anos vence o coronavírus no Piauí / Foto: Fundação Municipal de Saúde de Teresina

No combate e tratamento à Covid-19, o Piauí é destaque nacional e ocupa o primeiro lugar em número de pessoas recuperadas. São cerca de 11 mil e, segundo o governador Wellington Dias, o resultado é mérito da equipe. No enfrentamento à pandemia, o Piauí também apresenta um dos mais elevados índices de exames e testagem do país, ocupando o 6º lugar, com cerca de 30 mil exames por milhão de habitantes, enquanto que no Brasil são cerca de 8 mil para cada um milhão de pessoas.

O governador comenta que o Piauí é considerado referência importante na excelência da saúde, com profissionais qualificados desde a gestão de cada hospital, clínica, laboratórios e profissionais de atenção básica, média a alta complexidade e o resultado positivo é mérito de uma equipe de profissionais que trabalha com empenho e também do engajamento de gestores.

Descoberto precocemente, o tratamento segue protocolos médicos e variados medicamentos conforme o caso, com o consentimento do paciente. Às vezes, em casa ou em leitos clínicos, evita-se o agravamento. Ao todo, são mais de 12 mil pacientes que entraram na rede de saúde, foram examinados ou testados e receberam cuidados.

A cada semana, mais de mil pacientes chegam para leitos clínicos ou, em casos graves, para sala de estabilização ou UTI e depois curados. “Até agora, foram registrados 421 óbitos, o que é um fato lamentável e fico triste por cada um que perdemos. Mas é um dos mais baixos índices de letalidade, com 3,4 no Nordeste e 4,8 no Brasil. No Piauí, são 12 pessoas para cada 100 mil habitantes e no Brasil são 21,5 por 100 mil habitantes. No Nordeste, são 25,5 por 100 mil.

O governador explica ainda que o Piauí desenvolveu programas específicos como Busca Ativa, no qual as pessoas infectadas com o vírus são encontradas e assistidas em casa através do Monitora Covid-19, com atendimento por telemedicina. “Desde março, adotamos essa estratégia de consulta pelo celular”, comenta. Com este formato, a doença é descoberta mais cedo. As pessoas que estão com coronavírus são submetidas a exames clínicos e quando necessários o PCR e o teste rápido. Desta forma, 11 mil pessoas que tiveram o coronavírus foram atendidas e consideradas recuperadas. “Os exames são parte da nossa estratégia”, ressalta o governador, informando que o Piauí já realizou 30 mil exames para cada um milhão de pessoas. “Estamos colocando recursos, investimentos e o resultado tem sito positivo. O Piauí é o estado com baixa letalidade e tem índice elevado no número de pessoas recuperadas do coronavírus”, concluiu.

Reportagem: Isabel Cardoso - Governo do Piauí
EDIÇÃO: Eduardo Machado

Comentários