Pular para o conteúdo principal

CAIXA amplia o prazo da pausa na prestação habitacional para 180 dias

Prorrogação deve ser solicitada pelo aplicativo Habitação CAIXA ou demais canais disponibilizados pelo banco a partir de segunda-feira (27)

Imagem meramente ilustrativa.
Foto: Google

A CAIXA disponibiliza, a partir da próxima segunda-feira (27), a possibilidade de ampliação da pausa nas prestações dos créditos habitacionais do Programa Minha Casa Minha Vida (Faixas 1, 5, 2 e 3) e do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimos (SBPE) para um período de até 180 dias.

Os clientes pessoas física e jurídica que já tiveram a pausa temporária de 120 dias concluída poderão prorrogar o prazo por mais 60 dias. Quem ainda não optou por essa alternativa também poderá solicitar a pausa de 180 dias.

Para as empresas, a opção de pausa é válida para os financiamentos à produção de empreendimentos e para os financiamentos de aquisição e construção de imóveis comerciais (modalidade individual). As opções de pagamento parcial dos encargos ou carência também serão estendidas para até 180 dias, porém não poderão ser utilizadas em conjunto com a pausa.

A medida faz parte das ações do banco para oferecer aos clientes alternativas para enfrentar os efeitos causados à economia pela COVID-19. Para o presidente da CAIXA, Pedro Guimarães, “estender a pausa é mais uma medida importante do banco no suporte ao planejamento das famílias brasileiras nesse período de pandemia e à retomada da economia”.

Balanço:

Até o momento, mais de 2,4 milhões de mutuários já solicitaram a pausa na prestação habitacional. A CAIXA já registrou mais de 2,1 milhões de solicitações pelo aplicativo Habitação CAIXA, além de cerca de 170 mil atendimentos pelo telesserviço. Atualmente, 22 serviços são oferecidos pelo banco por meio do aplicativo e do telefone, para maior comodidade e segurança dos clientes. Saiba mais clicando aqui.

Durante o período de pausa, o contrato não está isento da incidência de juros remuneratórios, seguros e taxas. Os valores dos encargos pausados são acrescidos ao saldo devedor do contrato e diluídos no prazo remanescente. A taxa de juros e o prazo contratados inicialmente não sofrem alteração.

Quem pode solicitar:
  • Clientes pessoa física com contratos em dia ou com até 180 dias em atraso (clientes que utilizaram o FGTS para reduzir uma parte da prestação também podem optar pela pausa);
  • Clientes pessoa jurídica com contratos em dia ou com atraso de até 60 dias (duas prestações).
Como solicitar:

Os clientes pessoa física podem solicitar a pausa de 180 dias ou a prorrogação do período de pausa por mais 60 dias para os contratos já atendidos pelo aplicativo Habitação CAIXA, pelos telefones 3004-1105 e 0800 726 0505, ou de forma automatizada pelo 0800 726 8068, opção 2 – 4 – 2.

Os clientes pessoa jurídica podem solicitar a pausa para contratos de aquisição e construção de imóveis comerciais pelo número 0800 726 8068, opção 2 – 4, ou com o auxílio do gerente de relacionamento. Para contratos de financiamento à produção de empreendimentos, a solicitação pode ser realizada somente por meio do gerente de relacionamento, que deve ser acionado preferencialmente por meio eletrônico.

Canais de atendimento:
  • App Habitação CAIXA: disponível para os sistemas operacionais Android e IOS, pode ser baixado gratuitamente nas lojas GooglePlay ou AppStore;
  • 3004-1105 e 0800 726 0505, opção 7: disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h;
  • 0800 726 8068, opções 2 – 4: disponível de segunda a sexta-feira, em qualquer horário, e aos sábados, de 10h às 16h.
Fonte: CAIXA
Edição: Eduardo Machado

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casa Freitas anuncia loja em Parnaíba e já está recebendo currículo

A Casa Freitas se juntará a outros grandes empreendimentos que chegaram recentemente na cidade Imagem meramente ilustrativa. - O Povo. A Casa Freitas, uma loja de departamentos que oferece a mais completa variedade de produtos para os seus clientes anuncia sua instalação em Parnaíba. O município mesmo em meio a uma pandemia, segue mostrando sua força no norte do Piauí e numa região que abrande vários municípios do Maranhão e Ceará. Fundada em 1959, a empresa abrirá uma filial na cidade, contribuindo para mais geração de emprego e renda. Anuncio nas redes sociais oficiais da Casa Freitas. - Imagem: perfil oficial no Facebook. A empresa que conta com cerca de 20 lojas distribuídas em três estados nordestinos e um nortista oferece mais de 50 mil itens em utilidades para o lar, decoração e brinquedos. A proximidade aos consumidores, lojas amplas e climatizadas e a facilidade de pagamento são fatores que impactam na permanência da Casa Freitas como representante do segmento. A Casa Freitas

Noroeste anuncia sua 1ª loja na cidade de Parnaíba

A inauguração está prevista para o mês de abril Por Eduardo Machado, In Foco. 16h24. - Última atualização: às 16h49. Inauguração da Loja Noroeste, em Açailandia-MA. - Foto tirada em dezembro de 2020: Google. Reconhecida como referência no ramo da moda, o Grupo Noroeste anuncia sua 1ª loja na cidade de Parnaíba, litoral do Piauí. O município mesmo em meio a uma pandemia, segue mostrando sua força no norte do Piauí e numa região que abrange vários municípios do Maranhão e Ceará. Continua depois da publicidade. A história do Grupo Noroeste começou em 10 de outubro de 1994, data da inauguração da primeira Loja Noroeste na cidade de Teresina, capital do Piauí. Sempre atualizada, a Noroeste expandiu-se, e hoje a rede já conta com 25 lojas distribuídas no Piauí, Maranhão e Tocantins, duas fábricas têxteis e quase dois mil funcionários. O atendimento é de excelência e as lojas são padronizadas, modernas e confortáveis buscando assim valorizar a comodidade do consumidor, e a sua satisfação. Rec

Assaltante leva dinheiro de padaria em Parnaíba; veja vídeos

Homem ainda não identificado, levou dinheiro que estava no caixa da padaria na tarde deste sábado (16) Assaltante leva dinheiro de padaria em Parnaíba. - Foto: Reprodução WhatsApp. Um homem foi flagrado pelas câmeras de segurança da Padaria Pão da Vida ao assaltar o estabelecimento que fica situado próximo ao Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), na Rua Ricardo Rodrigues Coimbra, no bairro Dirceu Arcoverde, em Parnaíba, litoral do Piauí. O criminoso levou o dinheiro - valor subtraído não mencionado, e ameaçou a funcionária com uma suposta arma de fogo. O assalto aconteceu por volta das 14h deste sábado, 16 de janeiro. Nas imagens é possível ver o assaltante se passando por cliente e solicitando à funcionária um produto que estava na vitrine. A vítima atende a solicitação do homem e quando se dirige ao caixa, ela é abordada pelo indivíduo portando uma suposta arma de fogo, e logo em seguida solicita que ela entregue o dinheiro do caixa. Veja: . Vídeos: Reprodução/WhatsApp. Segundo