Pular para o conteúdo principal

PM prende mulher acusada de violência doméstica em Cajueiro da Praia

Familiares da vítima se deslocaram da cidade de Agricolândia para acompanhar o caso

Imagem meramente ilustrativa. - Jornal O São Gonçalo.

Uma equipe de policiais da Companhia Independente de Policiamento Turístico (CIPTur), composta pelo Sd. Gregório e Sd. Oliveira, recebeu uma denúncia por volta das 10h desta quinta-feira (29/10), de uma suposta violência doméstica ocorrida na localidade Lagoa do São José, município de Cajueiro da Praia.

Grupamento da Polícia Militar, em Cajueiro da Praia. - Foto: CIPTur.

Os denunciantes são os familiares da vítima - que não teve sua identidade revelada, que se deslocaram da cidade de Agricolândia até Cajueiro da Praia, eles mesmos apresentaram ao policiais uma conversa da sofrente, via WhatsApp. Os PMs se deslocaram até o local indicado pela denúncia, conversaram com a acusada - sem identificação, e solicitaram falar com a vítima, a qual foi falar com os policiais, chorando e cabisbaixa, ao ser perguntada se ela estava sofrendo violência doméstica pela sua companheira, informou que era agredida com frequência, e que ontem mesmo havia sido agredida na cabeça.

Ela relatou ainda, que em um episódio de agressão, tentando fugir, foi ameaçada com tesoura no pescoço, e que por não ter dinheiro dificultava a fuga, pois sua família mora em outra cidade distante de Cajueiro da Praia.

O policiais de serviço, conduziram a suposta agressora para a delegacia de Luís Correia, e foi feito um Auto de Prisão em flagrante em face da acusada.

Com informações: Companhia Independente de Policiamento Turístico (CIPTur).
Edição: Eduardo Machado/In Foco.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS VISITADA NA ÚLTIMA SEMANA

Comerciante é baleado durante assalto no Bairro São Francisco da Guarita, em Parnaíba

A vítima foi socorrida e encaminhada ao hospital Por Eduardo Machado, In Foco. 22h35 - Última atualização: 30 de abril, às 18h38. Foto: Reprodução/WhatsApp. Por volta das 20h desta quinta-feira (29), um homem identificado pelas iniciais L. N. M., de 62 anos de idade, foi alvejado com um tiro durante um assalto em frente ao seu próprio estabelecimento comercial. O caso ocorreu na Rua Samuel Santos, no Bairro São Francisco da Guarita, em Parnaíba, litoral do Piauí. Segundo informações, a vítima e sua companheira estavam sentados em cadeiras na calçada quando um casal chegou em uma motocicleta. O comerciante levantou imaginando que fossem clientes, com a ação o garupeiro efetuou 2 (dois) disparos, mas somente um atingiu a vítima na região do peito. Os assaltantes ainda conseguiram surrupiar um aparelho celular. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada e encaminhou a vítima para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA) onde deverá passar por procediment

Facas são apreendidas e mulher é presa após tentativa de homicídio em Parnaíba

Policias da ROCAM passavam pelo local quando presenciaram a ocorrência Por Eduardo Machado, In Foco. 14h19. Última atualização: às 14h57. Facas apreendidas. Por volta das 9h30 deste domingo (02/05), Policias Militares das Rondas Ostensivas Com Apoio de Motocicletas (ROCAM), do 2º Batalhão de Polícia Militar (BPM), apreenderam 2 (duas) facas e prenderam uma mulher acusada de tentativa de homicídio. O fato ocorreu na Avenida Batista Silva, no Bairro Bebedouro, em Parnaíba, litoral do Piauí. Continua depois da publicidade. Consultor Jequiti: (86) 98181 7779. De acordo com informações da PM, os militares durante deslocamento para o Batalhão de Polícia Militar situado no Conjunto Joaz Souza, nas proximidades da Lagoa do Bebedouro se depararam com a ocorrência em andamento, onde uma mulher havia efetuado cerca de 4 (quatro) golpes de faca em outra mulher. Os policiais prestaram socorro à vítima, que não teve sua identidade revelada. A acusada identificada pelas iniciais de seu nome M.O. de C

Ex-presidiário é assassinado a tiros em bar no litoral do Piauí

O local foi isolado pela Polícia Militar para o trabalho da Perícia Criminal. O Instituto de Medicina Legal (IML) foi acionado Por Eduardo Machado, In Foco. 16h15. - Última atualização: às 16h44. Um homem identificado como Francisco José Portela dos Santos, foi assassinado com cerca de 8 (oito) disparos de arma de fogo por volta das 14h desta quarta-feira (05/05). O fato ocorreu em um bar na Comunidade Barro Vermelho, próximo a estrada que dá acesso à Praia da Pedra do Sal, no litoral do Piauí. Francisco José Portela dos Santos (vítima) - Foto: Piauí em Dia. Segundo testemunhas, a vítima estava em sua motocicleta marca/modelo Honda Bros quando foi atingido pelos disparos à queima-roupa. Os criminosos estava em uma motocicleta e se evadiram do local após o crime. De acordo com informações, a vítima já tinha passagens pela justiça e trabalhava como mototaxista na cidade. No entanto, populares relataram que Francisco José Portela ainda era envolvido no mundo do crime e utilizava a profiss

Revólver é apreendido pela PRF com integrantes de facção criminosa na BR 316 no Piauí

A dupla estava em uma motocicleta Yamaha/Factor YBR 125 K Por Eduardo Machado, In Foco. 19h20 Imagem: Divulgação/PRF. Policiais Rodoviários Federais prenderam na manhã desta segunda-feira (03/05) um homem de 19 anos acusado dos crimes de roubo e porte ilegal de arma de fogo e munições e apreenderam um adolescente de 17 anos acusado de ato infracional análogo aos crimes de roubo e dirigir veículo automotor, em via pública, sem a devida permissão para dirigir ou habilitação ou, ainda, se cassado o direito de dirigir, gerando perigo de dano. Os acusados não tiveram suas identidades revelada, e a ação ocorreu na BR 316 na cidade de Teresina. Os policiais desconfiaram da dupla que estava em uma motocicleta Yamaha/Factor YBR 125 K. Ao dar ordem de parada, o condutor empreendeu fuga, sendo necessária a realização de um acompanhamento tático. Após a abordagem foi verificado que o homem, que estava na condição de passageiro, estava armado com um revólver cal. 32 desmuniciado. Continua depois da

Mãe denuncia que ex desapareceu com as duas filhas do casal, em Jijoca de Jericoacoara

Meninas foram deixadas na casa do pai na última sexta-feira (30) e, desde então, a mãe não conseguiu mais contato com o homem e as garotas Por Eduardo Machado, In Foco. 20h23. - Última atualização: às 21h25. Ana Caroline Gadelha (mãe das crianças) - Foto: Reprodução/Rede social. A Polícia Civil investiga o desaparecimento de duas irmãs, Isabel Gadelha da Silva, de 3 anos e, Alice Gadelha da Silva, de 4 anos, no município de Jijoca de Jericoacoara, no litoral cearense. Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o caso foi comunicado a Delegacia Municipal de Jijoca nesta segunda-feira (3). A mãe disse à polícia que o pai das meninas, Pedro Alan Barros da Silva, de 45 anos de idade, sumiu com as duas. Pedro Alan Barros da Silva (pai das crianças) - Foto: G1 CE. Conforme a SSPDS, a polícia realiza buscas e "mais informações serão divulgadas em momento oportuno". Segundo o padastro das crianças, Jefferson Leitão Gadelha, as meninas foram deixadas por ele na