Pular para o conteúdo principal

Ministério da Saúde adquire oxigênio por mais 48 horas para manter bebês internados em Manaus

Estados disponibilizaram leitos para receber recém-nascidos e grávidas que possam ficar sem oxigênio na capital
Maternidade Ana Braga em Manaus. - Foto: Ariane Alcântara/G1 AM.
O Ministério da Saúde informou, nesta sexta-feira (15), que adquiriu cilindros de oxigênio que devem durar 48h para manter 61 bebês prematuros em leitos de UTIs em Manaus. Estados já haviam sinalizado oferta de leitos para receber bebês e grávidas que possam ficar sem oxigênio na capital.

Manaus enfrenta colapso no sistema de saúde pela falta de oxigênio nos hospitais. O caos piorou com o aumento de recorde de internações por Covid-19 no estado.

Sem oxigênio, o governo começou, nesta quinta-feira (14), a transferência de 235 pacientes com Covid do Amazonas para outros estados. O maior pronto-socorro do estado, HPS 28 de Agosto, passou a recusar pacientes por conta de superlotação.

De acordo com o Ministério da Saúde, a medida atende a uma solicitação do Governo do Amazonas para recém-nascidos que estavam no limite de oxigênio. A pasta informou, ainda, que busca mais cilindros de oxigênio para que os prematuros não precisem ser transferidos para outros estados.

"A pasta já articulou com estados e municípios a disponibilidade inicial de 56 leitos de UTI que poderão receber os recém-nascidos, caso seja necessário: 25 em Curitiba (PR), 11 em Vitória (ES), 9 em Imperatriz (MA), 4 em Salvador (BA), 3 Feira de Santana (BA), 1 em Ariquemes (RO) e 3 no município de Macapá (AP)", informou, em nota.

O Governo Federal informou que irá prestar apoio em todo o processo logístico de remoção. Nesta quinta, a Justiça determinou que a União também realize, imediatamente, a transferência de pacientes que podem morrer pela falta de oxigênio.
Colaboração: G1 AM.

Comentários

Postagens mais visitadas deste site.

Com lockdown parcial, veja o que funciona neste fim de semana no Piauí

O governador Wellington Dias decretou medidas mais restritivas até o dia 04 de março, para conter o avanço da covid-19 Por Eduardo Machado, In Foco. / Colaboração: Thais Guimarães, GP1. 08h05. Centro de Parnaíba. - Foto: Google. Na última terça-feira (23) o governador Wellington Dias (PT) assinou decreto determinando novas medidas restritivas em todo o estado até o dia 04 de março, para conter o avanço da covid-19 (coronavírus). Com isso, neste final de semana haverá lockdown parcial em todo o Piauí. MATÉRIA RELACIONADA: Governo do Piauí decreta toque de recolher e lockdown aos finais de semana. De acordo com o decreto, a partir das 00h deste sábado (27) até as 5h da segunda-feira (28) poderão funcionar no estado apenas as atividades essenciais. O governador também decretou toque de recolher todos os dias até o fim do decreto. Assim, das 23h as 5h de cada dia, a pessoa que estiver fora de casa sem justificativa aceitável será autuada pela polícia e pela Vigilância Sanitária. Veja o que

Criança morre afogada após cair dentro de piscina no litoral do Piauí

Segundo o Instituto de Medicina Legal (IML), a família estava almoçando quando a criança conseguiu ir até a piscina, sem ser vista Por Eduardo Machado, In Foco. / Colaboração: Lucas Marreiros, G1 PI. 07h48. Hospital Municipal Nossa Senhora da Conceição, em Luís Correia — Foto: TV Clube Uma criança do sexo masculino, de dois anos de idade, morreu afogada após cair dentro de uma piscina em Luís Correia, litoral do Piauí, neste domingo (28). De acordo com o Instituto de Medicina Legal (IML), o menino e a família estavam em uma casa veraneio quando o acidente aconteceu. Segundo o auxiliar de necropsia Robson Castilho, a família comemorava um aniversário e estava almoçando, quando perdeu a criança de vista. “Quando deram pela falta, que foram procurar, encontraram já na piscina”, disse. A criança chegou a ser levada para o Hospital Municipal Nossa Senhora da Conceição, em Luís Correia, mas não resistiu e foi a óbito.

Polícia Militar reforça fiscalizações nas barreiras sanitárias no litoral do Piauí

As fiscalizações têm por objetivo apoiar a vigilância sanitária em cumprimento ao decreto estadual Por Eduardo Machado, In Foco. 14h30. Nas primeiras horas deste sábado (27), a Polícia Militar do Piauí intensificou o policiamento ostensivo no litoral do Piauí. A operação tem por objetivo apoiar a vigilância sanitária em cumprimento ao decreto estadual, que adotou medidas mais rígidas objetivando manter o isolamento social e impedir aglomerações. VEJA TAMBÉM: Prefeitura de Luís Correia determina fechamento de praias para excursões. Governo do Piauí decreta toque de recolher e lockdown aos finais de semana. Estão sendo feitas fiscalizações em ônibus de excursões com destino ao litoral, sendo proibido conforme decreto municipal de Luís Correia. Policiais Militares da Companhia Independente de Policiamento Turístico (CIPTur), durante este período irão realizar rondas ostensivas em geral, no Centro da cidade e na zona rural de Luís Correia, como também no município de Cajueiro da Praia, inc

Governo do Piauí prorroga decreto e toque de recolher agora vai começar às 22h

A decisão do governador se deu após reunião com membros do Comitê Ampliado de Operações Emergenciais (COE) Por Eduardo Machado, In Foco. / Colaboração: Thais Guimarães e Fábio Wellington, GP1. 19h21. - Última atualização às 19h40 Governador Wellington Dias. - Foto: Google. Após reunião com membros do Comitê Ampliado de Operações Emergenciais (COE) na tarde desta quarta-feira (03), o governador Wellington Dias (PT) decidiu prorrogar, com algumas alterações, o decreto que impõe medidas restritivas em todo o estado como forma de conter o avanço da covid-19 (coronavírus). A nova determinação vale até o dia 15 de março. Matéria relacionada: Governo do Piauí decreta toque de recolher e lockdown aos finais de semana. Continua depois da publicidade. Dentre as principais determinações está o lockdown parcial nos dois próximos finais de semana (06 e 07; 13 e 14 de março), ficando autorizados a funcionar apenas os serviços já determinados no decreto anterior. Uma alteração importante diz respeito

Cartão postal, Árvore Penteada é alvo de vandalismo no litoral do Piauí; vídeo

Vândalos estão cortando as raízes da árvore que é um destino turístico do município de Luís Correia Por Eduardo Machado, In Foco. 08h41. Árvore Penteada, em Luís Correia. - Foto: Reprodução/WhatsApp. A Árvore Penteada, um dos cartões postais naturais mais visitados do litoral do Piauí está sendo alvo de vandalismo, e tendo suas raízes cortadas. O ponto turístico fica situado entre as praias de Coqueiro e Maramar, às margens da PI-116, no município de Luís Correia. As denúncias do crime ambiental já foram encaminhadas à gerente do meio ambiente, Liliana Souza; que juntamente com a secretária de turismo, Marília Passos; e o líder comunitário da região, senhor 'Coré', foram ao local verificar o impacto da ação e adotar as medidas necessárias. Veja vídeo: Visitante grava as raízes cortadas. - Vídeo: Reprodução/WhatsApp. A Prefeitura de Luís Correia, através da Secretaria de Meio Ambiente, tem articulado junto ao Governo do Estado, projetos que tragam maior visibilidade à Árvore Pen