Em ação integrada, Polícia Federal prende membro de facção criminosa no litoral do Piauí

O homem é acusado de falsificação de documento

Por Eduardo Machado, In Foco.
11h50.
Sede da Polícia Federal em Parnaíba. - Foto: Carlos Alberto/TV Clube.
A Polícia Federal, em ação integrada com a Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Penal, efetuou, nesta quinta-feira (21/10), a prisão por uso de documento de identificação falso, do indivíduo conhecido pela alcunha 'Muralha', integrante de organização criminosa responsável por considerável volume de tráfico de drogas no litoral do Piauí e Ceará.

O preso confessou a falsificação do documento e declarou ter pago R$ 1.200,00 (mil e duzentos reais) a falsificadores do estado do Ceará. 'Muralha' é apontado como um dos responsáveis pelos homicídios em série relacionados a disputas de território entre traficantes do litoral do Piauí.

A Justiça Federal em Parnaíba atendeu à representação policial, com manifestação favorável do Ministério Público Federal, e decretou a prisão preventiva do investigado.

Comentários