Pular para o conteúdo principal

PIAUÍ / Wellington anuncia processo de retomada para três setores da economia

Para que os serviços possam ser retomados, as empresas terão que se adequar: aderir ao Pro Piauí e serão fiscalizadas por um comitê técnico

Wellington Dias, governador do Piauí - coletiva no Palácio de Karnak / Foto: Governo do Piauí

O governador Wellington Dias anunciou, nesta segunda-feira (8), em coletiva no Palácio de Karnak, o Pacto de Retomada Organizada das Atividades Econômicas – o Pro Piauí, e a prorrogação do isolamento social no estado até o dia 22 de junho. As primeiras atividades econômicas a serem liberadas, mediante a adoção dos protocolos, são a construção civil, serviços de saúde (psicologia/fisioterapia e terapia ocupacional) e setores automotivos.

O Pro Piauí tem como objetivo preparar o ambiente para a retomada segura das atividades. A proposta considera o retorno de forma gradual, segmentada e regionalizada como bases estratégicas.

Para que os serviços possam ser retomados, a empresa terá que se adequar. Os estabelecimentos precisarão aderir ao pacto por meio eletrônico, no site www.propiaui.pi.gov.br, bem como apresentar um plano de adequação às normas sanitárias. Os empreendimentos serão fiscalizados pelo Comitê Pro Piauí, responsável pelo parecer técnico para flexibilização das atividades econômicas.

O documento assinado pelo governador contém os protocolos a serem adotados pelas empresas para que possam reabrir, obedecendo a uma série de medidas para conter o novo coronavírus.

“Foi criado um comitê técnico específico para o Pro Piauí, cuja função é fiscalizar todas as propostas de retomada por setor. Agora o governador autorizou a retomada de três setores importantes: a construção civil, que já estava em funcionamento em algumas cidades do estado; o serviço automotivo, não só as concessionárias, mas toda sua cadeia; e a área de clínicas. A partir de hoje, esse comitê instalado começa a analisar as propostas das empresas, que entrarão no sistema do Governo do Estado para aderir aos protocolos. É um pacto que esses setores fazem conosco, no qual iremos fiscalizar mediante às informações fornecidas por elas”, explicou o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico (SDE), Igor Neri.

Após adesão das atividades econômicas, o empreendimento poderá começar a funcionar. Este será fiscalizado quanto ao cumprimento das condições necessárias para isso, respeitando os parâmetros sanitários.

“O processo é de retomada, mas é uma retomada pactuada por entendimento. É fundamental para que tenhamos bons resultados. É muito importante a integração que conquistamos até agora, de um lado seguindo a ciência, do outro lado integrando estado, municípios, governo federal e com o setor privado. O programa prevê regras para darmos passos para frente, mas também para retroceder, é uma retomada, portanto, organizada”, disse Wellington.

O setor da construção civil, por exemplo, voltará a funcionar com 50% da capacidade, redução da jornada de trabalho, com distanciamento social e uso de equipamentos de proteção individual (EPIs).

O governador enfatizou que as empresas dos setores autorizados a funcionar não irão reabrir a partir desta segunda, mas já poderão aderir ao pacto e o isolamento continuará. “A partir de hoje, as empresas aderem e se ajustam quanto às orientações higiênico-sanitárias, no entanto, não irão abrir ainda. Isso também não quer dizer que acabou o isolamento, vamos endurecer na fiscalização, precisamos segurar o isolamento. Vamos avaliar semanalmente e podemos, em qualquer momento, retroceder, dependendo do número de casos”, afirmou Dias.

Os setores de atividade foram classificados em alto, médio e baixo impacto. O critério econômico possuiu menor peso para a tomada de decisão relativa à flexibilização. Dessa forma, as primeiras atividades a serem liberadas são as de alto impacto econômico e baixo impacto epidemiológico, e assim por diante.

“A prioridade é a saúde e trabalharmos na perspectiva de não termos colapso. Estamos iniciando uma nova fase, ainda muito cuidadosa, cautelosa, de muita responsabilidade, em concordância com o prefeito Firmino Filho e com os gestores dos municípios do interior do estado, por meio da APPM, dialogando também com os poderes, com pessoas das áreas, da ciência, da economia, da saúde, com empresários, trabalhadores, membros do Ministério Público Estadual e do Trabalho. A sintonia colabora para uma unidade e é fundamental para termos um resultado positivo, separando disputas políticas em prol de um objetivo comum, combater o coronavírus”, ressaltou Wellington.

Passo a passo:

1 – Entrar no site www.propiaui.pi.gov.br e fazer a adesão ao Pro Piauí e protocolos firmado com o seu setor econômico;
2 – Fazer as adequações exigidas no protocolo referente ao setor;
3 – Empreendimento poderá reabrir;
4 – Comitê Pro Piauí irá fiscalizar o empreendimento com base nas informações fornecidas no formulário de adesão.

REPORTAGEM: Marília Andrade e Lorenna Costa
EDIÇÃO: Eduardo Machado

Comentários

Postagens mais visitadas deste site.

PM prende jovem e apreende drogas em residencial de Parnaíba

A polícia havia recebido informações de que o acusado estaria em posse de uma arma de fogo, o que levou os policiais a irem até a residência do suspeito Uma equipe da Polícia Militar comandada pelo Sgt. Farlon Machado, prendeu nesta manhã de quarta-feira (28/10), no Residencial Porto das Barcas, um jovem identificado como Antônio Marcos do Nascimento Gomes, vulgo 'Marcão' de 18 anos de idade. 
A polícia havia recebido informações de que o acusado estaria em posse de uma arma de fogo, o que levou os policiais a irem até a residência de Marcos. O jovem revelou aos PMs que a arma não se encontrava no local, pois havia entregado ao verdadeiro proprietário.
Após serem realizadas buscas, foram encontradas cerca de 40 porções de maconha, 20 porções de substância análoga à cocaína e 10 porções de substância análoga ao crack. Marcos revelou aos policias que vendia o material ilícito para se manter. Antônio Marcos foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Parnaíba, onde responderá…

PM prende mulher acusada de violência doméstica em Cajueiro da Praia

Familiares da vítima se deslocaram da cidade de Agricolândia para acompanhar o caso
Uma equipe de policiais da Companhia Independente de Policiamento Turístico (CIPTur), composta pelo Sd. Gregório e Sd. Oliveira, recebeu uma denúncia por volta das 10h desta quinta-feira (29/10), de uma suposta violência doméstica ocorrida na localidade Lagoa do São José, município de Cajueiro da Praia.
Os denunciantes são os familiares da vítima - que não teve sua identidade revelada, que se deslocaram da cidade de Agricolândia até Cajueiro da Praia, eles mesmos apresentaram ao policiais uma conversa da sofrente, via WhatsApp. Os PMs se deslocaram até o local indicado pela denúncia, conversaram com a acusada - sem identificação, e solicitaram falar com a vítima, a qual foi falar com os policiais, chorando e cabisbaixa, ao ser perguntada se ela estava sofrendo violência doméstica pela sua companheira, informou que era agredida com frequência, e que ontem mesmo havia sido agredida na cabeça. Ela relatou ai…

Jornalista Kairo Amaral será homenageado com nome de rua na cidade de Parnaíba

A propositura é de autoria do vereador Carlson Pessoa (DEM)O competente e saudoso jornalista Kairo Amaral Rezende terá seu nome eternizado. Uma rua na cidade de Parnaíba será rebatizada com seu nome, a homenagem ao jovem comunicador que faleceu no dia 17 de setembro, vítima de câncer, foi solicitada pelo vereador Carlson Pessoa, por meio do Projeto de Lei Nº 4.651/2020. Veja também:Familiares, amigos e fãs se despedem do jornalista piauiense Kairo Amaral

Além de Kairo Amaral, outros entes queridos darão novas denominações a logradouros públicos, são eles: ex-vereador Francisco de Paula Evangelista de Carvalho; ex-vereador Custódio Freire; ex-vereador Higino Gomes de Aguiar; Antônia de Carvalho Costa, e o professor Paulo Meirelles Melo. Familiares e representantes dos ilustres parnaibanos a serem homenageados reuniram-se na manhã da última quinta-feira (22) no gabinete do prefeito "Mão Santa" (DEM), que sancionou seis Projetos de Lei (PLs), denominando com nomes de rua, ilustre…

Em Parnaíba, homem é preso pela PRF com mais de R$ 54 mil em dinheiro que estava em fundo falso de veículo

O homem que é piauiense, de 45 anos de idade, não apresentou justificativas plausíveis para a origem do dinheiro e não conseguiu comprovar a origem do montante Policiais Rodoviários Federais prenderam um homem, de 45 anos de idade, que estava na posse de R$ 54.500,00 sem origem declarada. A ação ocorreu na noite de ontem (29/10) ao abordarem o veículo FIAT/PALIO FIRE ECONOMY na BR 343 na cidade de Parnaíba. Os policiais estavam realizando policiamento ostensivo quando foi abordado o veículo em questão que estava transitando pela rodovia, sendo solicitado toda a documentação pessoal e do veículo que foi prontamente atendido pelo condutor.
Os policiais, ao realizar os procedimentos de identificação veicular, notaram o condutor bastante nervoso e inquieto, além de apresentar informações desencontradas. Após realizarem uma vistoria mais minuciosa no veículo, os policiais encontraram em um fundo falso no para-choque todo o montante que estava dividido em cédulas de pequeno valor.
O condutor n…

Tráfico de drogas é desarticulado pela Polícia Militar no município de Luís Correia

Seis pessoas foram flagradas com balanças, dinheiro e entorpecentes, entre outros objetos A Companhia Independente de Policiamento Turístico (CIPTur), tendo na equipe de serviço, o Sgt. Brito; Sgt. Carlos André; Cb. Sampaio e Sd. Nickolas, deu apoio ao reservado do 2º Batalhão de Polícia Militar do Piauí, em uma ocorrência de tráfico de drogas, na localidade Carapebas, zona rural de Luís Correia. Os policiais militares flagraram seis pessoas suspeitas de envolvimento com o tráfico na região.
Em posse dos suspeitos foram encontradas duas barras de maconha; R$ 310,00; papel alumínio; duas balanças de precisão; um aparelho de som HS; uma faca; um pedaço de crack; um pedaço de maconha; 58 trouxinhas de cocaína; 47 pedras de crack; 59 trouxinhas de maconha; R$ 699,00 em cédulas; R$ 66,00 em moedas; um celular da marca multilaser; um cordão prateado e uma pulseira prateada.


Diante dos fatos, a equipe de serviço da CIPTur, auxiliou na condução dos acusados para a Central de Flagrantes em Parna…