Pular para o conteúdo principal

Auxílio emergencial de R$ 600 é prorrogado por mais dois meses

Benefício atende quase 65 milhões de brasileiros

Imagem meramente ilustrativa - Arquivo (Agência Brasil)
O presidente Jair Bolsonaro assinou na tarde desta terça-feira (30) o decreto que prorroga, por mais dois meses, o auxílio emergencial de R$ 600, destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos, desempregados e pessoas de baixa renda durante a pandemia da covid-19. Com isso, cerca de 65 milhões de pessoas que tiveram o benefício aprovado receberão mais duas parcelas, no mesmo valor.

"Obviamente, isso tudo não é apenas para deixar a economia funcionando, viva, mas dar o sustento para essas pessoas. Nós aqui que estamos presentes sabemos que R$ 600 é muito pouco, mas para quem não tem nada é muito", afirmou Bolsonaro em discurso no Palácio do Planalto.

A solenidade de prorrogação do programa foi acompanhada pelos presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Senado Federal, Davi Alcolumbre. Diversos ministros, além do vice-presidente, Hamilton Mourão, também participaram da cerimônia. 

"São mais duas prestações e nós esperamos que, ao final dela, a economia já esteja reagindo, para que nós voltemos à normalidade o mais rapidamente possível", acrescentou o presidente.

A Lei 13.982/2020, que instituiu o auxílio emergencial, foi aprovada pelo Congresso Nacional em abril e previa a possibilidade de que um decreto presidencial prorrogasse os pagamentos, desde que mantidos os valores estabelecidos.

Até a semana passada, o governo federal avaliava estender o auxílio por mais três meses, mas reduzindo o valor de cada parcela de forma decrescente, para R$ 500, R$ 400 e R$ 300, respectivamente.

"Estamos aqui para anunciar, pelo presidente, que cumprindo o que o Congresso Nacional nos determinou, de que poderia, por ato do Poder Executivo, prorrogar as três parcelas emergenciais, e é o que o presidente está fazendo hoje, para garantir, por mais dois meses, a continuidade do programa, que é essa grande rede de proteção, que permitiu, junto com o BEM, que é o beneficio emergencial para aqueles que têm trabalho, que preservássemos mais de 10 milhões de empregos e estendêssemos essa rede de proteção a 65 milhões de pessoas", afirmou o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni.

O governo federal começou a pagar essa semana a terceira parcela do auxílio. 

De acordo com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, não será necessário um novo cadastro para receber as novas parcelas do auxílio emergencial. Todos aqueles que tiverem o benefício aprovado receberão os pagamentos normalmente, tanto por meio das contas digitais, quanto pelos saques nas agências bancárias e casas lotéricas.

"Temos 65 milhões de pessoas aprovadas, temos um milhão de pessoas que a Dataprev ainda está analisando, então todas essas pessoas receberão não só as três parcelas, mas agora as cinco parcelas", afirmou a jornalistas, após a cerimônia no Palácio do Planalto. O calendário de pagamento das novas duas parcelas do programa ainda será anunciado pelo governo.

Para quem preenche os requisitos para obter o auxílio emergencial, o prazo para novos cadastros termina nesta quinta-feira, dia 2 de julho. Até agora, mais de 124 milhões de solicitações foram realizadas e cerca de 65 milhões de pessoas foram consideradas elegíveis. Outras 41,5 milhões, segundo o Ministério da Cidadania, foram apontadas como inelegíveis, por não atenderem aos critérios do programa.

Reportagem: Pedro Rafael Vilela e Wellton Máximo (Agência Brasil)
Edição: Liliane Farias / Denise Griesinger (Agência Brasil) e Eduardo Machado

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casa Freitas anuncia loja em Parnaíba e já está recebendo currículo

A Casa Freitas se juntará a outros grandes empreendimentos que chegaram recentemente na cidade Imagem meramente ilustrativa. - O Povo. A Casa Freitas, uma loja de departamentos que oferece a mais completa variedade de produtos para os seus clientes anuncia sua instalação em Parnaíba. O município mesmo em meio a uma pandemia, segue mostrando sua força no norte do Piauí e numa região que abrande vários municípios do Maranhão e Ceará. Fundada em 1959, a empresa abrirá uma filial na cidade, contribuindo para mais geração de emprego e renda. Anuncio nas redes sociais oficiais da Casa Freitas. - Imagem: perfil oficial no Facebook. A empresa que conta com cerca de 20 lojas distribuídas em três estados nordestinos e um nortista oferece mais de 50 mil itens em utilidades para o lar, decoração e brinquedos. A proximidade aos consumidores, lojas amplas e climatizadas e a facilidade de pagamento são fatores que impactam na permanência da Casa Freitas como representante do segmento. A Casa Freitas

Noroeste anuncia sua 1ª loja na cidade de Parnaíba

A inauguração está prevista para o mês de abril Por Eduardo Machado, In Foco. 16h24. - Última atualização: às 16h49. Inauguração da Loja Noroeste, em Açailandia-MA. - Foto tirada em dezembro de 2020: Google. Reconhecida como referência no ramo da moda, o Grupo Noroeste anuncia sua 1ª loja na cidade de Parnaíba, litoral do Piauí. O município mesmo em meio a uma pandemia, segue mostrando sua força no norte do Piauí e numa região que abrange vários municípios do Maranhão e Ceará. Continua depois da publicidade. A história do Grupo Noroeste começou em 10 de outubro de 1994, data da inauguração da primeira Loja Noroeste na cidade de Teresina, capital do Piauí. Sempre atualizada, a Noroeste expandiu-se, e hoje a rede já conta com 25 lojas distribuídas no Piauí, Maranhão e Tocantins, duas fábricas têxteis e quase dois mil funcionários. O atendimento é de excelência e as lojas são padronizadas, modernas e confortáveis buscando assim valorizar a comodidade do consumidor, e a sua satisfação. Rec

Assaltante leva dinheiro de padaria em Parnaíba; veja vídeos

Homem ainda não identificado, levou dinheiro que estava no caixa da padaria na tarde deste sábado (16) Assaltante leva dinheiro de padaria em Parnaíba. - Foto: Reprodução WhatsApp. Um homem foi flagrado pelas câmeras de segurança da Padaria Pão da Vida ao assaltar o estabelecimento que fica situado próximo ao Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), na Rua Ricardo Rodrigues Coimbra, no bairro Dirceu Arcoverde, em Parnaíba, litoral do Piauí. O criminoso levou o dinheiro - valor subtraído não mencionado, e ameaçou a funcionária com uma suposta arma de fogo. O assalto aconteceu por volta das 14h deste sábado, 16 de janeiro. Nas imagens é possível ver o assaltante se passando por cliente e solicitando à funcionária um produto que estava na vitrine. A vítima atende a solicitação do homem e quando se dirige ao caixa, ela é abordada pelo indivíduo portando uma suposta arma de fogo, e logo em seguida solicita que ela entregue o dinheiro do caixa. Veja: . Vídeos: Reprodução/WhatsApp. Segundo