Pular para o conteúdo principal

Novo decreto adéqua calendário da retomada das atividades econômicas no Piauí

O documento altera algumas datas estabelecidas pelo Programa de Retomada Organizada das Atividades Econômicas Covid-19 no decreto anterior, expedido em 7 de julho

Vista aérea da Catedral Nossa Senhora das Graças, em Parnaíba.
Foto: Google.
Baseado numa recomendação aprovada pelo Comitê de Operações Emergenciais (COE), o governador Wellington Dias, assinou o Decreto nº 19.116, de 22 de julho de 2020, adequando o calendário de retomada das atividades econômicas e sociais no estado do Piauí. O documento, já publicado no Diário Oficial, altera algumas datas estabelecidas pelo Pro Piauí (Programa de Retomada Organizada das Atividades Econômicas Covid-19) no decreto anterior, expedido em 7 de julho.

Fica autorizada a retomada, a partir de 27 de julho, das seguintes atividades no grupo 1:

– Fabricação de Produtos têxteis, vestuário, acessórios, calçados e artigos de couro;
– Comércio atacadista e varejista de tecidos, vestuário e acessórios: comércio de tecido, armarinho, vestuário, calçados, cosméticos, artigos para viagens, artigos para o lar: tapeçaria, persianas, cortinas, cama, mesa e banho;
– Lavanderias, tinturarias e toalheiros;
– Reparação e manutenção de equipamentos de informática e comunicação e de objetos pessoais e domésticos;
– Fabricação de celulose, papel e produtos de papel, impressão e reprodução de gravações;
– Comércio atacadista e varejista de papelaria, materiais de escritório e publicações;
– Edição e edição integrada à impressão;
–Fabricação de produtos diversos: envolve fabricação de instrumentos musicais, bijuterias, brinquedos e artefatos para esportes, informática, eletrônicos e ópticos, demais indústrias;
– Comércio diverso: atacadista e varejista de produtos diversos: instrumentos musicais, artigos para o lar, esportes, demais comércios;
– Atividades religiosas;
– Atividades físicas ao ar livre, em parques e espaços públicos, exceto atividades físicas em grupo.

Fica autorizada a retomada, a partir de 3 de agosto, das seguintes atividades no grupo 2:

– Atividades imobiliárias;
– Shopping Centers / Centros Comerciais: atividades administrativas, imobiliárias, comerciais em shopping centers. Serviços de alimentação e bebidas por sistema de delivery e drive thru. Não estão permitidas as atividades de educação, de lazer, e esportes – cinema, academias, escolas, recreação infantil e playground.

Fica autorizada a retomada, a partir de 10 de agosto, das seguintes atividades no grupo 2:

– Seguros e serviços relacionados: envolve atividades e corretoras de seguro, previdência;
– Administração pública, defesa e seguridade social:
– Atividades administrativas e serviços complementares: atividades de seleção de mão de obra e fornecimento de recursos humanos para terceiros, teleatendimento;
– Informação e comunicação: atividades de serviços de tecnologia da informação, cinematográficas, atividades de rádio e de televisão, gravação de som e edição de música, telecomunicações;
– Atividades de serviços pessoais: envolve clínicas de estética e similares, cabeleireiros e outras atividades de tratamento de beleza, outras atividades de serviços pessoais.

Fica autorizada a retomada, a partir de 17 de agosto, das seguintes atividades no grupo 2:

– Alojamento: hotéis e similares;
– Serviços de alimentação e bebidas: estabelecimentos de serviços de alimentação e bebidas, restaurantes, bares, com atendimento presencial e consumo no próprio estabelecimento;
– Agências de viagens e serviços de turismo;
– Atividades de organização de eventos: exceto culturais e esportivos;

Fica autorizada a retomada, a partir de 24 de agosto, das seguintes atividades no grupo 2:

– Atividades de organização associativas: atividades de organizações associativas patronais, empresariais e profissionais, sindicais, defesa, direitos sociais e outros.

Fica autorizada a retomada, a partir de 8 de setembro, das seguintes atividades no grupo 3:

– Atividades artísticas, criativas e de espetáculos: envolve cinemas, teatros, casas de espetáculos;
– Atividades ligadas ao patrimônio cultural e ambiental: envolve parques, praias, balneários, museus, bibliotecas, zoológicos;
– Atividades esportivas e de recreação e lazer: envolve academias, clubes, eventos esportivos, casas de show, escolas esportivas;
– Serviços domésticos.

Fica autorizada a retomada, a partir de 22 de setembro, das seguintes atividades no grupo 3:

– Educação: creche, pré-Escola, ensino fundamental, ensino médio, superior, técnico e tecnólogo e outras atividades de ensino (autoescolas, idiomas, preparatórios para concursos e outros) em ordem a ser definida.

As adequações atendem à recomendações contidas na Nota Técnica nº 10, de 16 de julho de 2020, do Comitê PRO Piauí. O decreto entra em vigor na data da publicação (22 de julho de 2020).

Fonte: Governo do Piauí
Edição: Eduardo Machado

Comentários

NOTÍCIAS MAIS VISITADA NA ÚLTIMA SEMANA

Ex-presidiário é executado a tiros na porta de casa na cidade de Parnaíba

A Perícia Criminal e o Instituto de Medicina Legal estiveram no local e realizaram procedimentos legais acerca do homicídio Por Eduardo Machado, In Foco. 08h38. - Última atualização: às 17h50. Residência onde aconteceu o crime. - Foto: reprodução/WhatsApp. Um homem identificado como Elias Araújo Cardoso, de 33 anos de idade, foi assassinado com vários tiros na porta de casa na noite deste domingo (18/04), no bairro Planalto Montserra The, em Parnaíba, litoral do Piauí. A vítima possuía passagens pela polícia. Elias Araújo Cardoso (vítima). - Foto: Portal do Catita. Local onde a vítima foi a óbito. - Foto: reprodução/WhatsApp. Segundo testemunhas, a vítima foi perseguida pelos suspeitos e atingida com cerca de sete disparos. O homem foi a óbito dentro da residência onde tentou escapar dos suspeitos. A Polícia Militar foi comunicada e acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) que constatou o óbito. A Perícia Criminal e o Instituto de Medicina Legal (IML) estiveram no loca

Jovem é assassinado a tiros ao abrir portão de casa em Parnaíba e suspeito é o ex-cunhado

Segundo informações, a vítima foi morta por engano Por Eduardo Machado, In Foco. 08h26. - Última atualização: 17/04, às 16h08. Local onde a vítima foi assassinada - Foto: reprodução/WhatsApp. Um jovem identificado como Luan Sousa Gomes, de 20 anos de idade, foi assassinado com cerca de oito tiros na noite desta sexta-feira (16), por volta das 20h45, na cidade de Parnaíba, litoral do Piauí. O crime ocorreu na Rua Anhanguera, bairro Piauí, e a vítima havia saído recentemente da prisão e era monitorado por tornozeleira eletrônica. Luan Souza Gomes (vítima). - Foto: Portal do Catita. De acordo com informações de familiares, o jovem morreu por engano. O suspeito teria chegado na residência para matar a sua ex-companheira, porém quem foi abrir o portão para ele foi o irmão da possível vítima. O acusado não viu quem era a pessoa e já foi atirando, ele achava que era sua ex-companheira. Portão da casa foi alvejado pelos tiros. - Foto: PHB Webcidade. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel d

Suspeito de chefiar organização criminosa em Fortaleza é preso pela polícia na cidade de Parnaíba

O alvo é apontado como chefe de uma organização criminosa com atuação na comunidade Oitão Preto, em Fortaleza Por Eduardo Machado, In Foco. 19h26. Imagem meramente ilustrativa. - Foto: arquivo/In Foco. A Polícia Civil do Estado Ceará (PCCE), em continuidade às ações da Operação Guilhotina, efetuou a prisão de Samoel Rodrigues Lima Filho, de 32 anos de idade, na manhã desta sexta-feira (16), na cidade de Parnaíba (PI). O alvo é apontado como chefe de uma organização criminosa com atuação na comunidade Oitão Preto, no bairro Moura Brasil, Área Integrada de Segurança 4 (AIS 4) de Fortaleza. VEJA TAMBÉM: Chefes de grupo criminoso do Ceará são presos em Cajueiro da Praia, no Piauí. As investigações conduzidas pela Polícia Civil do Ceará indicam que o suspeito assumiu a chefia da organização criminosa no bairro da Capital, após a prisão de seu irmão, Renê Rodrigues Lima, de 34 anos de idade, em fevereiro deste ano, por equipes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco)

Governo do Piauí publica decreto com medidas restritivas para os próximos dias

As restrições passam a valer a partir desta segunda-feira (19) até domingo (25) Por Eduardo Machado, In Foco. 18h22. Wellington Dias, governado do Piauí. - Foto: arquivo/In Foco. O Governo do Estado publicou, neste domingo (18), o decreto n° 19.582 que estabelece as medidas sanitárias de combate à Covid-19 que passam a valer a partir desta segunda-feira (19) até domingo (25). As principais mudanças são nos horários de funcionamento de shopping centers, bares e restaurantes, que agora poderão funcionar até as 22h, e no toque de recolher que passa a ser das 23h até as 5h. As medidas do novo decreto são baseadas na constatação de estabilidade na demanda por leitos clínicos e de terapia intensiva; a regressão do estado de alta para estabilidade no número de óbitos por Covid-19; bem como o esforço do estado e dos municípios na execução de medidas preventivas vinculadas ao fortalecimento do Programa Busca Ativa, das barreiras sanitárias e de outras ações de atenção primária à saúde. Confira

Governo do Piauí prorroga medidas restritivas, mas com mudanças

As alterações são nos horários de funcionamento de shopping centers, bares e restaurantes e no toque de recolher Por Eduardo Machado, In Foco. 21h34. Calçadão Comercial de Parnaíba. - Foto: Google. O Governo do Piauí prorrogou as medidas sanitárias excepcionais de combate à Covid-19 contidas no  decreto de nº 19.576 , do dia 10 de abril, com algumas alterações, que terão validade no período de 19 a 25 de abril. As principais mudanças são nos horários de funcionamento de shopping centers, bares e restaurantes, que agora poderão funcionar até as 22h, e no toque de recolher que passa a ser das 23h até as 5h. A decisão pela prorrogação das medidas, com as alterações em relação aos horários, levou em consideração a constatação de estabilidade na demanda por leitos clínicos e de terapia intensiva; a regressão do estado de alta para estabilidade no número de óbitos por Covid-19; bem como o esforço do estado e dos municípios na execução de medidas preventivas vinculadas ao fortalecimento do Pr